Um café para aproveitar cada minuto do Carnaval

28
fev

Carnaval é uma das datas mais esperadas pelos brasileiros que gostam de folia. Espalhadas por todo o país, com mistura de ritmos e culturas, as festas desse período são para lá de animadas.

E nada melhor do que aproveitar um feriadão de cinco dias para pegar o carro, botar o pé na estrada e curtir o Carnaval em outra cidade com direito a festas e passeios turísticos.

Mas curtir cinco dias seguidos de folia não é para qualquer um. Tem que ter muita disposição. E se ainda assim, o cansaço bater, não tem melhor energético que um café! Na estrada para não pegar no sono, antes ou depois da folia, um café gostoso e quentinho vai dar aquele gás para você e sua turma curtirem todos os dias de festa com um sorriso estampado no rosto e toda a animação necessária.

As olheiras? Ahh, deixa pra se preocupar com elas depois, é Carnaval!

Um descuido que criou uma delícia

25
fev

Criado nos Estados Unidos, o brownie é uma das sobremesas mais populares por lá. Mas ela já se espalhou e é muito apreciada por todas as partes do mundo.
Há diversas histórias sobre a origem do brownie, mas acredita-se que, assim como o petit gateau, surgiu de um erro. Uma das histórias diz que ele surgiu quando um chef adicionou, por engano, chocolate derretido numa travessa de biscoitos. Outra que um cozinheiro estava fazendo um bolo e, como não tinha farinha de trigo o suficiente, o fez com o pouco que havia.

Porém a história que mais se acredita é a de que uma dona de casa de Bangor, Maine, esqueceu de adicionar fermento à mistura de um bolo. Mesmo assim, retirou-o do forno, cortou em quadradinhos e serviu chamando de brownies.

Hoje, essa sobremesa aparece das mais diferentes formas. Com calda, acompanhado de bolas sorvete ou raspas de chocolate, essa delícia ganha a cada dia mais apresentações distintas e deliciosas.

Que tal passar aqui no Genot e degustar dessa delícia?

Máquina faz café com um toque de arte no Japão

20
fev

No Japão é normal encontrar maquinas nas ruas que vendem de tudo, desde salgadinhos até sutiãs. E a mais nova maquina colocada no aeroporto Haneda, em Tóquio, serve café quentinho na hora e ainda com um toque de arte.

A máquina, que entrega um café quentinho e com a logo da empresa criadora em cima do copo (Yojiya) em poucos segundos por 200 ienes, mais ou menos 4,60 reais. A arte criada pela máquina é bastante simples em comparação a criada por pessoas em cafeterias que tem essa especialidade. Mas não deixa de ser uma opção diferente e divertida para passar o tempo no aeroporto.

 

Torta literalmente dos deuses

19
fev

Sobremesa composta geralmente de base de bolacha, recheio à base de queijo, creme e ovos, e cobertura de frutas, o cheesecake (torta de queijo, em inglês) é muito mais antigo do que imaginamos.

Há relatos de que essa sobremesa foi servida na Grécia Antiga durante os Jogos Olímpicos na Ilha de Delos, em 776 a.C. Com a conquista da Grécia pelos romanos, a receita da cheesecake teria mudado de mãos. Dizem que os romanos ofereciam cheesecake aos seus Deuses para acalmá-los. Não é para menos, né? Essa receita é realmente dos céus.

A popularização mundial do cheesecake veio na década de 70 nos Estados Unidos, principalmente em Nova Iorque, onde até hoje é uma das sobremesas favoritas.

A cheesecake perdurou ao longo dos anos e hoje ainda está presente em muitos livros de receitas. O ingrediente especial dessa sobremesa é, como diz o nome, o queijo, o queijo cremoso é o mais utilizado, mas outros foram incorporados a essa receita, como o queijo francês Neufchâtel, o cottage e a ricota.

Que tal passar no Genot e comer essa sobremesa deliciosa? A nossa cheesecake de frutas vermelhas vai te encantar!

Receita primitiva que une saúde e sabor

13
fev

Não é de hoje que se sabe que as frutas têm diversos componentes que fazem bem para a saúde e ajudam a prevenir e tratar diversas doenças. E se uma fruta só tem milhares de benefícios, quem dirá a mistura de várias.

A salada de frutas é uma receita primitiva, praticada desde a época da Grécia e Roma Antiga. Essa receita varia apenas na escolha das frutas e no liquido que a acompanha, pode ser o próprio suco das frutas, licor, refrigerante ou água com gás e ainda pode vir acompanhada com leite condensado.

Essa receita é perfeita para quem está fazendo dieta ou simplesmente preza por uma alimentação saudável, mas não abre mão de um doce no dia a dia.

A salada de frutas é uma das delícias do cardápio Genot, feita com frutas fresquinhas e da melhor qualidade.

Xícaras divertidas para tomar café

11
fev

Um cafezinho de manhã para acordar, depois do almoço para relaxar, ou no fim da tarde para dar o gás no trabalho. Para alguns, um forte e amargo, para outros, mais suave e com um pouco de açúcar. Independente da hora ou do tipo, um café é sempre bem vindo no nosso dia a dia.

E para os apaixonados por essa bebida, o ritual do cafezinho vai muito além de apenas tomá-lo e pode tornar-se muito mais interessante quando pensamos na xícara em que o café será servido.

Que tal uma xícara diferente para deixar mais divertida a hora do café? Inspire-se!

Genot recomenda: A Menina que Roubava Livros

06
fev

O livro “A Menina Que Roubava Livros”, de 2005, do australiano Markus Zusak, fez o maior sucesso ao redor do mundo, vendeu mais de 8 milhões de exemplares, tronando-se best seller. Esse sucesso fez com que sua história fosse adaptada para o cinema.

O filme conta a história de Liesel, uma garotinha corajosa, que foi viver com uma família adotiva alemã durante a Segunda Guerra, na Alemanha, por sua mãe não ter condições de sustentá-la.

Encorajada por seu pai adotivo, ela aprende a ler e torna-se apaixonada pela literatura. Max, um refugiado judeu, que a família resolveu esconder dos nazistas embaixo da escada da casa, fica amigo e parceiro de leitura Liesel.

Em meio ao caos da Segunda Guerra, Lisbel aprende a se refugiar nos livros para sobreviver e encontrar esperanças na vida.

Uma história que promete emocionar falando de amor, esperança, morte, amizade e família, merece ser, tanto lida quanto assistida.

Crepe: receita para todos os gostos

04
fev

A receita do crepe é muito antiga, ela está presente, principalmente no cardápio europeu, à muito tempo.

Essa receita a base de farinha de trigo, leite e ovos, tem uma origem controversa.  Há indícios de que suas raízes estejam no pão indiano chapati e nas panquecas chinesas. Mas os primeiros registros de crepes foram feitos no século I, pelo gastrônomo romano Apicius, autor do receituário “De re coquinaria”. Cozidos no ferro quente eram recheados com mel e pimenta. Já os italianos dizem que a especialidade nasceu quatro séculos mais tarde.

O nome em francês, crepe, deriva do termo crispus, em latim, que significa crespo. Em italiano, são chamadas de crespelle.

Independente as sua origem, essa receita se popularizou ao redor do mundo e ganhou muitas outras versões com recheios dos mais diversos sabores, para todos os gostos.

Vem aqui para o Genot provar uma dessas delícias, temos várias opções de crepes doces e salgados.