Uma Biografia de Kurt Cobain

05
abr

O dia 5 de abril está marcado, no calendário da música, como a fatídica data em que o vocalista e guitarrista do Nirvana desceu desse mundo. Kurt Cobain se foi há 18 anos. Inquieto, Cobain já demonstrava vocação artística desde a infância complicada. Dos arredores de Seatlle para o mundo, Kurt se tornou o ícone de uma geração e inspira pessoas até hoje.

Na biografia “Heavier Than Heaven” (Mais Pesado Que O Céu), considerada a mais completa obra sobre a conturbada e breve vida de um dos maiores frontman do rock, o jornalista Charles Cross – durante sua pesquisa que durou anos – faz um apanhado de trechos dos diários, letras e cartas de Cobain. Charles Cross desfaz mitos e caça os fantasmas da alma do vocalista. A densidade de Kurt Cobain está ali descrita em palavras, ao longo de uma leitura que envolve a cada linha. Leitura recomendada, melhor ainda acompanhada de um Espresso ou um Chocolate Quente.

O mar é a miséria imensurável – 150 anos de Os Miseráveis

03
abr

3 de Abril de 1862. Há exatos 150 anos, uma das mais expressivas obras do escritor (dramaturgo, poeta, romancista, orador, ensaísta e por aí vai) francês Victor Hugo era publicada pela primeira vez, simultaneamente em Paris e Bruxelas. Os Miseráveis (Les Miserables) retrata a miséria daquele século, as vidas desventuradas e interligadas de Jean Valjean (um condenado posto em liberdade) e Fantine (uma mãe solteira despedida de seu emprego – situação nada favorável para uma mulher na França do século XIX).

O enredo é desenvolvido durante a época de duros confrontos nas ruas de Paris, tempos conturbados em que grande parte da população vivia marginalizada, faminta e insatisfeita. Originalmente, cinco volumes completam o romance de ideal revolucionário, repleto de personagens memoráveis como Cosette, Gavroche e o odioso Inspetor Javert. Os Miseráveis, acima de ser um clássico da literatura, é uma bela e inesquecível homenagem a liberdade.

Ao longo dos anos, formou-se um razoável acervo de musicais e filmes inspirados no livro de Victor Hugo. A mais nova adaptação para o cinema já está sendo produzida e conta com Hugh Jackman, Russell Crowe, Sacha Baron Cohen, Helena Bonham Carter e Anne Hathaway no elenco.